Teias formam minúsculas esferas que eram cercadas por uma espécie de cerca circular
Teias formam minúsculas esferas que eram cercadas por uma espécie de cerca circular

Um estudante de pós-graduação do Instituto de Tecnologia da Geórgia se deparou pela primeira vez com uma formação e estrutura de teias que jamais haviam sido vistas atentes. Essas teias formavam minúsculas esferas que eram cercadas por uma espécie de cerca circular.

O estudante fotografou as estruturas e foi em busca de respostas, muitos foram os biólogos que arriscaram algum palpite. Mas apenas alguns meses depois, quando o estudante pode retornar a floresta e reencontrar as estruturas que ele teve a oportunidade de isolar algumas delas em um recipiente de vidro.

O que aconteceu em seguida foi bastante impressionante, dois filhotes da suposta criatura aracnídea nasceram, o mais estranho de tudo isso é que os sacos de ovos dessa espécie abrigavam apenas um filhote por vez, algo completamente incomum.

Especialistas ainda não possuem uma ideia nítida do por quê essa espécie de aranha se comporta dessa maneira e qual o motivo de serem tão diferentes de todas as outras. Apesar de tudo, os estudos continuam.

Fonte: Fatos Desconhecidos